CPT - Centro de Produções Técnicas

O setor de lácteos brasileiro continua movimentado. Ontem, a Vigor Alimentos S.A., controlada pela FB Participações e pela JBS, informou ter assinado contrato com a escandinava Arla Foods, para adquirir 50% da Dan Vigor Indústria e Comércio de Laticínios Ltda. A Dan Vigor é uma joint venture entre a Vigor e a Arla Foods e foi criada há 28 anos, quando a empresa de lácteos brasileira ainda não pertencia aos atuais controladores. Com o negócio, a Vigor terá 100% da Dan Vigor e, em troca, a Arla ficará com 8% do capital social total da Vigor Alimentos. A operação está sujeita à aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Conforme comunicado divulgado pela Vigor ontem, "a operação possibilitará a troca de tecnologia e know-how entre Arla e Vigor, contribuindo para a evolução mais significativa no processo de inovação e o foco no desenvolvimento de novos produtos, gestão da marca e dos investimentos de forma mais efetiva". Segundo informou a Vigor, a transação prevê ainda um acordo de exclusividade para a empresa brasileira na distribuição dos produtos da Arla Foods no país, entre os quais itens com as marcas Lurpak, Castello e Arla. Ainda que a fatia da Arla no capital da Vigor seja pequena, a recente transação poderia abrir caminho para que a escandinava amplie sua participação no futuro, avaliam fontes do setor. A Dan Vigor, que vende produtos com a marca Danubio, teve receita bruta de R$ 108,8 milhões em 2013. Entre os produtos da companhia estão requeijão, cream cheese, queijos finos, porcionados, fondue. O anúncio pela Vigor acontece apenas algumas semanas após a francesa Lactalis ter fechado as aquisições de quatro ativos da LBR – Lácteos Brasil e da divisão de lácteos da BRF no Brasil. Na operação com a LBR, a francesa também recuperou a marca Parmalat que estava em uso sob licença até 2017 pela empresa brasileira. As recentes aquisições da Lactalis mostram que a francesa tem uma estratégia agressiva para o mercado brasileiro e, pelo visto, já começam a gerar reações no setor.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here