CPT - Centro de Produções Técnicas

Ocupando o 18º lugar no ranking nacional na produção de leite, com 279 milhões de litros por ano e com mais de 442 mil cabeças de vacas ordenhadas, os produtores vivem um dilema no Tocantins: O preço está congelado há três anos, o que leva o setor a enfrentar muitos desafios para continuar sua expansão com relação ao aumento de produção. O produtor Iracy Leite Machado, dona da fazenda Três Marias próximo a Barrolândia está há 25 anos no ramo e afirma que infelizmente o preço de venda ainda é baixo. Ele vende seu leite a R$ 0,60 no mercado, produzindo 900 litros por dia. Sua empresa tem quatro funcionários e tem a ajuda da família em toda produção. É o caso também do produtor Itamar Toledo Villela, que está há 20 anos trabalhando com leite e faz economia ao máximo para enfrentar o ano que para ele "não será muito bom". Não há funcionários na propriedade, onde o trabalho é todo feito em família. A maior parte de sua produção é gerada através do laticínio. “Tenho 40 vacas que produzem razoavelmente bem. Chego a tirar mais de 500 litros por dia. Minha queijaria é ainda considerada pequena e é montada lá mesmo na minha chácara. Toda a produção que vem da ordenha é feita pelos cinco membros da minha família. Só tenho apenas mais um funcionário que pago por fora para me dar um suporte”, conta. Itamar afirma que as maiores dificuldades são com os custos altos que são necessários para manter o negócio. “Eu preciso vender o queijo a R$ 8,00 ou R$ 10 e o litro no curral sai a R$ 2,00, e tem muita gente que reclama. Mas não posso baixar o preço, porque aí não terei retorno”, conta. Silvio Mússio de Oliveira está no ramo de laticínos há 10 anos produzindo uma média de 400 litros de leite por dia com seus três funcionários trabalhando em seu sítio na saída para Lajeado. Para ele, não compensava vender para processadoras pelo preço que pagam. “O preço de mercado que temos está entre R$ 0,60 a R$ 0,80, sendo que em grandes Estados como Minas Gerais e Goiás o preço do litro de leite sai entre R$ 1,10 e R$ 1,15, podendo aumentar. Ainda somos um grupo muito pequeno, não temos grandes empresas instaladas no Tocantins que possam investir e comercializar para gerar lucros. Ainda estamos sem investimento”, desabafa.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here