CPT - Centro de Produções Técnicas

Depoimentos colhidos pela Polícia Federal e pela Procuradoria de Mato Grosso envolvem o ministro da Agricultura, Neri Geller (PMDB), no suposto esquema de venda ilegal de terras destinadas à reforma agrária no Estado. Como Geller possui foro privilegiado, os autos foram enviados ao Supremo Tribunal Federal (STF). A corte ficará responsável por eventual apuração sobre ele. A Operação Terra Prometida, deflagrada na quinta-feira, prendeu 40 pessoas. Dois irmãos do ministro, Odair e Milton Geller, se apresentaram nesta sexta-feira e estão detidos em Cuiabá. Segundo a Polícia Federal, os prejuízos causados aos cofres públicos pelo esquema podem atingir R$ 1 bilhão. Os depoimentos que citam o ministro constam de decisão assinada pelo juiz federal Fábio Henrique Rodrigues de Moraes Fiorenza, à qual a reportagem teve acesso. Nela,Contentz diz que "o chamado

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here