CPT - Centro de Produções Técnicas

A empresa suíça de lácteos Emmi anunciou na última sexta que adquiriu 40% de participação no Laticínios Porto Alegre Indústria e Comércio S/A, com sede em Ponte Nova, Minas Gerais. O valor do negócio não foi revelado. Segundo comunicado da Emmi, o Laticínios Porto Alegre, que faturou cerca de R$ 500 milhões em 2016, é um dos cinco maiores de Minas Gerais, seu principal mercado, e produz queijos, queijo fresco, requeijão, leite longa vida e manteiga, além de leite em pó e soro de leite em pó para a indústria de alimentos. “Esta transação permite à Emmi reforçar sua presença no Brasil e avançar uma etapa em sua estratégia de desenvolvimento internacional”, diz a empresa.

A Emmi, um dos maiores grupos de lácteos da Suíça e especializada em queijos, afirma que “ao realizar esta aquisição no Brasil, reforça sua presença num país que cobiça há muitos anos”. Atualmente, a empresa apenas exporta seus queijos ao mercado brasileiro. Com a compra da participação no Laticínios Porto Alegre, a empresa suíça também reforça sua presença na América do Sul, uma vez que já tem unidade no Chile. De acordo com o comunicado, os 60% de participação restantes no Laticínios Porto Alegre ficarão nas mãos dos irmãos José Afonso e João Lúcio Barreto Carneiro. O último é o CEO da empresa e continuará na companhia “para estimular seu desenvolvimento futuro em parceria com a Emmi”. Na nota, o CEO da Emmi, Urs Riedener, disse que o Laticínios Porto Alegre “é uma empresa próspera que se saiu muito bem durante esses últimos anos de economia difícil [no Brasil]. Sua posição forte dá à Emmi a possibilidade de completar seu portfólio de produtos (…) criando assim novas oportunidades num mercado que, no longo prazo, apresenta grande potencial”.

Com cerca de 1.000 empregados, o Laticínios Porto Alegre tem uma unidade de produção em Ponte Nova e outra em Mutum. Segundo o comunicado da Emmi, a empresa mineira adquiriu recentemente uma unidade de produção em Barbacena, equipada para a fabricação de produtos à base de queijo fresco. No setor de laticínios, operações de aquisições normalmente saem pelo valor de um faturamento anual da empresa, segundo fontes do mercado. Assim, como a transação envolve 40% de participação, estima­se no mercado que o negócio seria da ordem de R$ 200 milhões. A Emmi, que teve receita líquida de 3,259 bilhões de francos suíços em 2016 (US$ 3,306 bilhões), tenta há anos entrar no Brasil. No fim de 2015 chegou a negociar a aquisição do Laticínios Shefa, de Amparo (SP), mas a transação não vingou em decorrência da difícil situação financeira da empresa, que acabou pedindo recuperação judicial em janeiro deste ano. Conforme apurou o Valor, a Emmi também já havia negociado com a catarinense Tirol, em 2014, também sem sucesso. O grupo Emmi tem 25 unidades de produção na Suíça. Também tem fábricas em mais sete países. Tem um total de 5.800 empregados, dos quais 3.000 na Suíça

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here