CPT - Centro de Produções Técnicas

O Sebrae-SP, a Faesp (Federação da Agricultura do Estado de São Paulo) e o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) realizaram dois fóruns focados na produção leiteira na semana passada, em São José dos Campos e Taubaté. As atividades fazem parte do programa Do Campo ao Consumidor, que inclui também o fórum “Agricultura Familiar e Oportunidades de Venda para o Governo”, a ser realizado na quinta-feira (27/11), no Agrocentro, em Jacareí (confira programação abaixo). O primeiro evento promovido foi o Fórum Técnico sobre Bovinocultura de Leite, com o tema “Exigências Legais de Formalização e Comercialização”, que ocorreu na Cooper (Cooperativa de Laticínios de São José dos Campos) no dia 20. No dia 22, o Recinto de Exposições do Sindicato Rural de Taubaté recebeu o 1º Fórum sobre Produção e Qualidade do Leite no Vale do Paraíba. Os produtores acompanharam as palestras “Pontos Práticos para Melhorar a Produtividade, Reduzir Custos e Aumentar Margens na Pecuária de Leite” e discutiram sobre a qualidade do leite e investimentos do setor. Para o diretor presidente da Cooper, Benedito Vieira Pereira, eventos como os fóruns são fundamentais para auxiliar no aprimoramento do agronegócio. “Esse primeiro evento superou nossas expectativas, e esperamos que possamos repetir com frequência. A participação dos produtores é muito importante, porque as técnicas evoluem, surgem novas leis e exigências. O mercado é competitivo e é preciso melhorar constantemente”, afirmou. O produtor Geraldir do Nascimento Miranda aprovou a iniciativa do Sebrae-SP e Faesp. “Desde criança trabalho com leite, mas acho que sempre podemos aprender mais. É fundamental buscar informações e muitos produtores ainda não perceberam isso. Eventos como esse, que debatem a qualidade do leite, deveriam ser realizados mais vezes”, comentou. Antonio Osny trabalha com produção de leite de cabra há quatro anos e está investindo em conhecimento para melhorar ainda mais seu negócio. “Sou novo na área e a palestra trouxe orientações interessantes, principalmente quando abordou a qualidade do leite e o agronegócio. O produtor que estiver disposto a observar os conselhos dos especialistas tem muito a ganhar”, disse Osny, que busca manter uma produção de 70 litros por dia e, para isso, pretende aumentar seu rebanho caprino.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here