CPT - Centro de Produções Técnicas

O Minas Láctea – maior e mais tradicional evento laticinista do Brasil – será realizado entre os dias 14 e 16 de julho, em Juiz de Fora (MG), trazendo novidades em maquinário, embalagens, insumos e produtos do setor lácteo, além de novas tecnologias geradas para melhoria dos processos de produção. Serão 10 palestras, seis minicursos, concurso de produtos lácteos e estandes de 98 empresas do Brasil e do exterior, que aguardam o evento para apresentar os lançamentos devido ao público tradicionalmente segmentado, formado por empresários do setor, técnicos, professores e estudantes da área de alimentos. Este ano a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) estima que 15 mil pessoas visitem os estandes da 42ª Exposição de Máquinas, Equipamentos, Embalagens e Insumos para a Indústria Laticinista (Expomaq), que será realizada no Expominas Juiz de Fora, e outras 500 participem das atividades científicas do 30º Congresso Nacional de Laticínios, que serão realizadas no Instituto de Laticínios Cândido Tostes. "É uma ótima oportunidade tanto para a comunidade científica quanto para as indústrias do setor para atualizarem conhecimentos e lançar novos produtos. Para a EPAMIG, é fundamental criar esse ambiente de transferência de tecnologias e de negócios para estimular o setor laticinista no Brasil. São oportunidades que vêm ao encontro das demandas do mercado e com as quais pretendemos levar aos participantes uma visão estratégica de futuro, em que predomina a competitividade empresarial", ressalta o presidente da EPAMIG, Rui Verneque. O Minas Láctea terá abertura oficial no dia 14, às 14h, no Expominas em Juiz de Fora. Em três dias de evento, o público poderá acompanhar a 42ª Expomaq, a 41ª Exposição de Produtos Lácteos (Expolac) e o 41º Concurso Nacional de Produtos Lácteos. <b>Expomaq</b> A 42ª Expomaq teve a área para exposição reestruturada este ano e vai ocupar o pavilhão principal do Expominas e um salão multimídia, totalizando 3500 m2, onde estarão distribuídos os estandes. 100% do espaço já foram comercializados, com a participação de 98 empresas do segmento laticinista do Brasil e do exterior, além dos estandes institucionais. A exposição é uma oportunidade para apresentação de novidades, prospecção de negócios e concretização de vendas. A Expomaq vai funcionar de 14 a 16 de julho, entre 14h e 22h, no Expominas. <b>Expolac</b> Na 41ª Expolac, o público poderá conferir a tecnologia empregada pela indústria durante o processo produtivo. Nesse espaço, destinado à degustação de produtos da tecnológica, serão apresentados produtos lácteos já conhecidos do consumidor e também aqueles inovadores que ainda serão lançados no mercado. A expectativa é reunir cerca de 500 produtos – desde queijos e doces até bebidas lácteas e iogurtes. O espaço é democrático e promove degustação dos produtos para divulgar a qualidade das empresas que participam do evento. A exposição é uma ótima oportunidade para que representantes comerciais busquem novas marcas e produtos lácteos com os quais têm interesse em trabalhar. As indústrias estão atentas aos apelos do mercado consumidor, como produtos com redução de sódio e com baixa lactose. Essas e outras tendências estarão na Expolac, que também funcionará de 14 a 16 de julho, no Expominas, entre 14h e 22h. <b>Concurso Nacional de Produtos Lácteos</b> O 41º Concurso Nacional de Produtos Lácteos contará com a participação de cerca de 50 indústrias do país, que concorrerão em onze categorias: Queijo Prato, Queijo Gouda, Queijo Provolone, Queijo Parmesão, Queijo Reino, Queijo Minas Padrão, Requeijão Cremoso, Doce de Leite Pastoso, Queijo tipo Gorgonzola, Manteiga de primeira qualidade e Destaque Especial (qualquer produto lácteo – queijos, doce de leite, iogurte, bebida Láctea, manteiga etc – que tenha pelo menos uma característica inovadora ou funcionalidade). Os três primeiros lugares de cada categoria serão premiados no encerramento do Minas Láctea, dia 16 de julho, no Expominas. Para o resultado final, o corpo de juízes, formado por 25 especialistas vindos de universidades, serviços de inspeção federal, estadual e municipal, além de técnicos das indústrias, vai avaliar cada produto no Laboratório de Análise Sensorial, que fica na EPAMIG – Instituto de Laticínios Cândido Tostes, nos dias 14 e 15 de julho. <b>Congresso Nacional de Laticínios</b> O 30º Congresso Nacional de Laticínios terá as atividades realizadas nas dependências da EPAMIG – Instituto de Laticínios Cândido Tostes. Serão oferecidas 10 palestras, quatro comunicados técnicos (apresentação de trabalhos científicos) e seis minicursos, além da discussão do tema central, que este ano debate "A indústria de laticínios do Brasil em tempos de crise: desafios e perspectivas". Durante três dias, os mais renomados especialistas do segmento se reúnem para debater novas tecnologias e compartilhar conhecimentos. Podem participar pesquisadores, professores e estudantes de universidades e de cursos técnicos, além de profissionais do setor lácteo. Haverá ainda apresentação de trabalhos previamente submetidos e selecionados por uma comissão julgadora, em formato de pôster ou apresentação oral. <b>Miniusina Via Láctea</b> A miniusina Via Láctea, idealizada pelo Instituto de Laticínios Cândido Tostes estará instalada na Expomaq, reproduzindo para o público o funcionamento de uma indústria de lácteos, desde a análise da matéria-prima até a distribuição do produto. Ao final, os visitantes degustam os produtos e recebem informações sobre como produzir, quais os equipamentos necessários, a importância da higiene na produção e na qualidade dos alimentos. <b>Inovalácteos</b> A Agência de Inovação de Leite e Derivados – Polo do Leite realizará o Inovalácteos, que visa estimular a inovação no setor lácteo criando um ambiente favorável para novos negócios. O evento acontecerá dentro da programação do Minas Láctea, no Expominas, oportunidade em que os participantes terão acesso a ciclo de palestras, espaço empresas, rodada de negócios em parceria com o Sebrae-MG e a vitrine de inovação. O ciclo de palestras é gratuito, voltado para mecanismos de fomento e incentivo à inovação na empresa, com apresentação de inovações tecnológicas no campo e plataformas que disponibilizam recursos técnicos estratégicos para promover inovações no setor lácteo. O espaço empresas será reservado para realização de minicursos, palestras técnicas e lançamentos de produtos. O encontro de negócios será promovido pelo Sebrae-MG, em parceria com Fiemg e Silemg, no qual as empresas negociam seus produtos lácteos e estabelecem novas parcerias com clientes. Já a vitrine de inovação, organizado pelo Sistema Mineiro de Inovação em parceria com o CRITT-UFJF, vai selecionar projetos para fomentar o ambiente de empreendedorismo e inovação na cadeia agroindustrial do leite, por meio de capacitação e orientação profissional aos pesquisadores, de forma a tornar os projetos de inovação mais atraentes do ponto de vista empresarial. A programação completa e demais informações do Inovalácteos estão em <a href=http://www.polodoleite.com.br target=_blank>www.polodoleite.com.br</a> <b>Minas Láctea</b> Quando: de 14 a 16 de julho de 2015 Horário: 14h às 22h Onde: Expominas (BR-040, Km 790, Bairro São Pedro) Instituto de Laticínios Cândido Tostes (Rua Tenente Luiz de Freitas, 116 – Bairro Santa Terezinha)

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here