CPT - Centro de Produções Técnicas

Sindicatos dos Trabalhadores Rurais da região de Ijuí intensificam o trabalho para auxiliar produtores de leite que têm dinheiro em atraso para receber referente à entrega do produto, especialmente por parte da Promilk. Ontem, 21, o tema foi tratado durante reunião na Câmara de Vereadores de Ijuí. Houve presença de aproximadamente 150 agricultores de Ijuí, Coronel Barros, Bozano, Ajuricaba, Augusto Pestana, Jóia e região Missioneira, como Guarani das Missões. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ijuí, Carlos Karlinski, ficou acertado que os sindicatos vão recolher notas fiscais dos produtores referente ao leite entregue em meses passados e não pago, além da documentação pessoal, para subsidiar possível participação na assembléia de credores da Promilk. O trabalho deve ser feito até a próxima semana. Isso porque a Promilk, sediada em Estrela, está em recuperação judicial, em função da grave crise financeira. Outro objetivo é acompanhar a discussão sobre o plano de recuperação da empresa. Dados indicam que somente a Promilk deve cerca de 2 milhões de reais para produtores de leite da região que abrange Ijuí, Condor, Augusto Pestana e Missões. Em Ijuí, Coronel Barros e Ajuricaba são em torno de 700 mil, além de outros 700 mil reais em atraso somente para Bozano. Para agricultores de Condor a dívida ultrapassa 500 mil. Além disso, outras empresas também devem dinheiro do leite para a região, como a Rei do Sul e Bom Gosto.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here