CPT - Centro de Produções Técnicas

A empresa Promilk, sediada em Estrela, apresentou o plano de recuperação judicial que prevê o pagamento dos débitos para credores, inclusive aos produtores de leite que têm dinheiro a receber em atraso, referente ao repasse do produto. A proposta da Promilk estabelece pagamento dos débitos em 10 anos, com dois anos de carência e juro um 2% ao ano, mais correção monetária. No entanto, a empresa propõe quitar apenas 50% da dívida. A outra parte ficaria perdoada, ou seja, pagar apenas metade dos valores. Na região de Ijuí há grande número de agricultores que têm dinheiro a receber da Promilk. Entre Ijuí, Bozano e Coronel Barros são cerca de 240 produtores que, juntos, têm cerca de 1 milhão, 240 mil reais para receber pela entrega do leite à Promilk. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ijuí, Carlos Karlisnki, disse que agora é necessário esperar a data da assembléia geral dos credores, cujo encontro deverá decidir pela aceitação ou não da proposta de pagamento. Uma representação dos produtores da região de Ijuí quer participar dessa assembléia. No entanto, antecipadamente a informação é que parte dos agricultores não aceita a sugestão de quitação dos valores atrasados por parte da Promilk.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here