CPT - Centro de Produções Técnicas

Estoques em alta e redução no consumo, afetam o preço do leite no Rio Grande do Sul, com algumas marcas desvalorizadas em até 20% nos supermercados. A queda e os problemas começaram em setembro último, quando a média do produto estava em torno de R$2,30 e nesta semana chegou a R$1,95. Segundo os produtores, os motivos são estoques em alta e um consumidor mais cauteloso depois das fraudes que envolveram o alimento e que vieram à tona na Operação Leite Compensado. Em supermercado de Passo Fundo, por exemplo, a redução nas vendas foi de cerca de 10%. Por outro lado, o bom estado das pastagens nesse verão favorece a produção do leite, aumentando a quantidade do produto no mercado. Com a demanda em baixa e a oferta em alta, os números nas etiquetas dos supermercados estão cada vez menores. A crise no setor leiteiro apresenta maior impacto no campo, onde muitas famílias enfrentam dificuldades com a drástica redução de seus ganhos mensais.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here