CPT - Centro de Produções Técnicas

A situação do pagamento do leite voltou a trazer preocupações mais intensas para agricultores da região. A empresa Prómilk não cumpriu com o prometido e até ontem, 01, não havia pago os produtores que entregam a produção para o posto existente na Linha Gramado, em Panambi. Segunda-feira, 29, em torno de 60 agricultores fizeram manifestação no próprio posto, visto o atraso na quitação dos valores que em alguns casos se estende desde o mês de julho. Na ocasião a Prómilk disse que pagaria o leite até ontem, o que não ocorreu. Inclusive o posto de Panambi não recebe mais produção e o leite é levado para outros locais. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ijuí, Carlos Karlinski, enfatiza que a entidade busca mais informações sobre o caso da Prómilk e não descarta a possibilidade de ser feita viajem para a sede da empresa, no município de Estrela, a fim de negociar pessoalmente com a direção os valores pendentes. Há produtores que estão migrando para outras empresas. O problema, segundo Karlinski, é que ao migrar para outras empresas o pagamento do leite em atraso é parcelado em várias vezes.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here