CPT - Centro de Produções Técnicas

A partir desta semana 19 regiões do Estado contarão com uma importante ferramenta que permitirá mais agilidade e segurança na fiscalização do leite que sai das propriedades rurais com destino às empresas. O Lactoscan, aparelho que faz uma análise instantânea do produto, foi cedido pelo Ministério Público para que o Estado consiga intensificar a fiscalização no setor. Desde segunda-feira 38 fiscais agropecuários gaúchos passam por qualificação no Laboratório Nacional Agropecuário – Lanagro – para saber como funciona o Lactoscan. O aparelho em questão testa a qualidade do leite, identificando na hora se há no produto importantes componentes que garantam sua qualidade como quantidade de água, gordura, lactose e proteína. Na última quarta feira o secretário da Agricultura e Pecuária Ernani Polo esteve no Lanagro para conhecer tanto o aparelho quanto os fiscais que irão desenvolver esse trabalho. “Para avançarmos cada vez mais no aumento da cadeia do leite, aumentando produtividade e prezando pela qualidade, precisamos investir cada vez mais para combater os problemas que afetam a produção”, ressaltou. Os aparelhos já estão nas regionais e serão instalados nas plataformas onde o leite é repassado para o caminhão que fará o transporte até a indústria. “Hoje a própria empresa já faz a coleta de uma mostra na plataforma para ver, agora, com o Lactoscan, também faremos teste”, explica a fiscal agropecuária Ana Cláudia Silveira Netto.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here