CPT - Centro de Produções Técnicas

As direções da Fetag e do Sindicato das Indústrias de Laticínios (Sindilat) estiveram reunidas, na sede da Federação, para tratar do atraso no pagamento dos produtores, em especial, da Bom Gosto. Segundo informações do secretário-executivo do Sindilat, Darlan Palharini, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a compra das plantas industriais da BRF e da LBR pela empresa francesa Lactalis. Desta forma, serão alocados R$ 20 milhões para o pagamento dos produtores e também pequenas empresas fornecedoras, como é o caso da Promilk. O presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva, disse que é necessário os dirigentes sindicais monitorarem os pagamentos para verificação de que isso efetivamente se concretize. Ao mesmo tempo, o dirigente ressalta que o cenário da cadeia leiteira é delicado, com aumento de oferta interna, diminuição do consumo no final de ano e os reflexos depreciativos das fraudes, especialmente nos estados consumidores do leite. “Tudo isso poderá acarretar problemas em todo o segmento. Então, solicitamos cautela com compromissos financeiros aos produtores”, alerta. A Fetag deverá chamar a Comissão Estadual do Leite neste mês de outubro para tomada de decisões.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here