CPT - Centro de Produções Técnicas

O município de Cacaulândia tem uma das mais novas agroindústrias de Rondônia. Na sexta-feira (13), foi inaugurada a Agrovale Indústria de Transformação de Alimentos (Avita). Idealizada por Cristóvão Argolo Vito, que há mais de 15 anos conta com apoio dos técnicos da Emater/RO, investiu em projeto de melhoramento genético em sua propriedade, maximizando a produção e a qualidade do leite. A agroindústria Avita que tem sua sede instalada nas dependências do Parque de Exposição Agropecuária de Cacaulândia, ocupa um espaço de 300 metros quadrados, conta com equipamentos de última geração, como a envasadora, caldeira, embaladora, câmara fria e iogurteiras, com capacidade para produção de 3 mil litros de iogurte/dia. A empresa já nasce certificada e com o Serviço de Inspeção Estadual (SIE) e o Certificado do Prove, que possibilitam a comercialização em todo estado além de vender para escolas na merenda escolar. Inicialmente vai gerar seis empregos diretos e produzir 500 litros/dia de iogurte. O supervisor regional Emater/RO, Matheus Folador, explicou algumas diretrizes do Prove, que tem sido um instrumento de incentivo e implantação de agroindústrias de base familiar. Folador falou ainda sobre a importância do Selo de Inspeção Municipal (SIM), necessário à comercialização de produtos de origem animal; no caso estadual o SIE e no federal o SIF para e o funcionamento da pequena empresa e garantia que a agroindústria segue as normas higiênicas e sanitárias exigidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “Avita é um empreendimento que permitirá o fortalecimento da agricultura familiar através da verticalização da produção. Nós estamos comemorando a mais essa vitoria. É a 126 agroindústria do Vale do jamari”, O produtor rural Argolo Vito explica que a empresa nasceu com a responsabilidade não só de lucrar, mas, com a ideia de valorizar a matéria prima dos produtores da região, pagando um preço justo pelo leite, como o cuidado com a qualidade do produto, respeitando o meio ambiente.”Vamos respeitar o produtor rural, olhando a questão da segurança alimentar da qualidade do produto e sem onerar para o consumidor”, ressalto Vito. A proprietária Grethen Fabrícia Argolo da Costa conta que agora o próximo passo da agroindústria é a conquista do comércio estadual e aumento da produção e vagas de emprego. “Nossa meta é atingir 3 mil litros/dias, e conquistar os grandes supermercados do estado, gerando mais empregos diretos.”. O governador Confúcio Moura, presente à inauguração do empreendimento, elogiou a qualidade da embalagem do iogurte e da bebida. “Esse produto quando você olha, nem imagina que é de uma agroindústria familiar, olha só a qualidade dessa embalagem, não deixa a desejar a nenhuma outra grande empresa. Cada agroindústria que eu inauguro é motivo de muito orgulho para mim. Vito investiu em tecnologia, conseguiu agregar valor ao produto e vai trazer os filhos para ajudar na empresa”. A a secretária adjunta de Estado de Agricultura (Seagri), Mary Terezinha Braganhol, destacou o trabalho do governo por meio da Emater e Idaron para o sucesso do projeto das agroindústrias familiar e destacou a alegria de toda a equipe em estar inaugurando mais uma agroindústria. “Esse projeto é foi implantado por Confúcio quando era prefeito de Ariquemes e hoje como governador ele passou o número das 500 empresas. Sucesso adquirido com empenho de toda a equipe” De acordo com o diretor vice-presidente da Emater/RO, José de Arimatéia da Silva o governo do Estado desenvolve o trabalho juntos aos produtores com muita responsabilidade, levando não só equipamentos para apoio, mas o principal que é a assistência técnica por meio da Emater, acompanhando desde o inicio do prédio ate a comercialização do produto. “Trabalhar com agricultura familiar é investir na economia, e saber que o estado vai desenvolver”.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here