CPT - Centro de Produções Técnicas

As primeiras alterações no Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (Riispoa) serão anunciadas nesta quarta, dia 6, durante a divulgação do Plano Nacional de Defesa Agropecuária. O Canal Rural teve acesso a informações sobre algumas mudanças, que tratam de alguns artigos do texto, entre eles o que fala sobre a fiscalização permanente. A mudança é que os estabelecimentos de laticínios, ovos e produção de mel não terão a obrigatoriedade dessa fiscalização permanente, ficando a obrigação apenas para os estabelecimentos de abates – em torno de dois mil estabelecimentos no país. O motivo seria a falta de fiscais agropecuários para atender todos os locais. O presidente da Associação Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa) diz que a categoria não tem uma opinião unânime sobre este assunto, que é um tema que ainda precisa ser discutido. Segundo Mauricio Porto, tão importante quanto essa discussão é o número de fiscais, hoje 2700, metade em tempo de se aposentar. Pelos cálculos da Anffa, seria necessário repor imediatamente os 950 fiscais que se aposentaram nos últimos dois anos.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here