CPT - Centro de Produções Técnicas

Os preços de lácteos apresentaram sinais de alta nas últimas semanas, mas ainda estão em patamares baixos, avaliou o Rabobank. Em nota, o banco alerta que o menor fluxo de leite da Nova Zelândia foi o principal fator a impulsionar a valorização recente da commodity. Entretanto, "uma recuperação mais robusta no mercado global de lácteos ainda deve demorar alguns meses". O Rabobank aponta também que a China reduziu sua participação no mercado, uma vez que passa por um momento de menor crescimento da demanda e melhora na oferta local de leite. Conforme o banco, os níveis de consumo de leite após o período de festividades do Ano Novo Lunar serão importantes. "Com os preços menores no varejo, as vendas serão um forte indicador da demanda no mercado chinês em 2015", diz em nota. Em dezembro, o Rabobank afirmou que a tendência é de que as cotações se estabilizem e voltem a subir em 2015 de maneira gradativa. A expectativa do banco é de que a disponibilidade global de laticínios diminua a partir do primeiro semestre de 2015, com menor produção na UE e perspectiva de incremento de consumo nos EUA.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here