CPT - Centro de Produções Técnicas

Uma denúncia da Vigilância Sanitária de Anápolis levou fiscais da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) a um estabelecimento que comercializava queijos irregulares e com rotulagens fraudadas, no município, na última sexta-feira, dia 18. Cerca de 450 quilos dos produtos foram apreendidos e destruídos no aterro sanitário da cidade. Além disso o proprietário do local foi autuado. De acordo com o fiscal da Agrodefesa, Geraldo Santana, que participou da ação, o comércio funcionava nos fundos de uma residência, na qual o proprietário recebia os queijos de uma cidade do Norte do Estado, processava o alimento, acrescentava amido e obtinha como produto final queijo ralado. Geraldo conta que o produto era comercializado com rotulagem fraudada em estabelecimentos de Anápolis e região. “É importante ressaltar que as condições estruturais e higiênico-sanitárias do local eram totalmente inadequadas para a elaboração e manipulação dos produtos”, acrescenta Geraldo.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here