CPT - Centro de Produções Técnicas

O CDS-PP quer saber se há queijos da Serra a serem vendidos como sendo denominação de origem protegida (DOP), mas que no fundo são fabricados com leite espanhol. O pedido de esclarecimento seguiu, no final da semana passada, para o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, numa pergunta dirigida ao presidente da Assembleia da República, por cinco deputados do CDS-PP, entre os quais a ex-ministra da Agricultura, Assunção Cristas. Os deputados centristas querem saber se o Ministério da Agricultura, Floresta e Desenvolvimento Rural tem conhecimento desta situação, nomeadamente de “casos concretos onde se tenha provado a utilização de leite espanhol na elaboração do Queijo da Serra”. E solicitam esclarecimento a Capoulas Santos sobre as medidas que pretende tomar para “reforçar a fiscalização, reduzindo, assim, as possibilidades da venda de produtos falsificados que ostentam o selo DOP”. A pergunta dos deputados do CDS-PP – num documento assinado por Abel Batista, Patrícia Fonseca, Hélder Amaral, Assunção Cristas e Ana Rita Bessa – surge depois do alerta do autarca de Oliveira do Hospital. Na semana passada, José Carlos Alexandrino alertou para a falta de fiscalização ao queijo da Serra da Estrela e garantiu que há clientes a comprarem “gato por lebre”, pois muito queijo está a ser vendido com a DOP apesar de ser feito com leite… espanhol. “O verdadeiro Queijo Serra da Estrela é produzido com leite de ovelha da raça bordalesa [ou Churra Mondegueira] e é isso que temos de continuar a preservar, sob pena de se perder um produto de excelência”, revelou o presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, que organiza a Festa do Queijo, no fim-de-semana de 5 e 6 de Março, e queContentinta-feira passada esteve em Coimbra para promover o queijo da serra como um produto

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here