CPT - Centro de Produções Técnicas

Os preços do leite e seus derivados perderam forças ao longo de outubro, após vários meses com alta consistente. Os preços da última sexta-feira (23/10) registravam quedas próximas a 10% para o leite UHT, leite em pó e queijo muçarela em relação a setembro.

No mercado spot, o recuo iniciado em setembro intensificou-se neste mês, com os preços ficando mais próximos dos valores pagos aos produtores. O fortalecimento da produção nacional, o aumento das importações e a dificuldade de repasse do atacado para o varejista foram alguns dos motivos para esse novo cenário.

Conseleites projetam o fim das altas de preços do leite ao produtor

Pelo gráfico abaixo, há uma tendência de queda nos valores que os produtores devem receber no próximo mês.

Depois de quatro altas seguidas, os Conseleites estaduais projetaram quedas nos preços a serem pagos aos produtores em novembro (referente ao leite entregue em outubro). As reduções ficaram próximas a 5%, com exceção de Santa Catarina que prevê queda um pouco menor, de 3,2%. Esses resultados refletem o enfraquecimento dos preços dos produtos lácteos no atacado e no mercado spot ao longo de outubro.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here