CPT - Centro de Produções Técnicas

Um projeto de lei apresentado na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) prevê que o Estado distribua gratuitamente leite sem lactose para crianças que sofram de intolerância a esse tipo de alimento. O texto foi elaborado pelo líder do PRB na Alesp, deputado Jorge Wilson, o Xerife do Consumidor. O deputado justifica que o preço desse tipo de leite é uma barreira para muitas famílias. — O preço do leite sem lactose é excessivamente caro se comparado ao valor do leite comum. Muitas famílias carentes não têm condições financeiras de comprar o alimento para dar a seus filhos, razão pela qual apresentamos essa proposta. Vamos fazer todo o empenho junto aos nossos pares na Assembleia Legislativa para que o nosso projeto seja aprovado. O projeto de lei 1.590/2015 determina que o leite sem lactose seja distribuído a crianças com até dois anos. A família deverá comprovar a intolerância à lactose, por meio de documentos médicos do SUS. Quem sofre de intolerância à lactose não produz uma enzima que é capaz de metabolizar o açúcar do leite. As consequências de ingerir o alimento com lactose são diarreia, vômitos, perda de peso e até desidratação. Normalmente, produtos livres de lactose, obrigatórios na rotina de quem tem intolerância, são muito mais caros. O leite é um dos alimentos mais importantes em uma dieta e, por isso, defendido na proposta do deputado.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here