CPT - Centro de Produções Técnicas

A XIII terceira edição do Encontro Nordestino de Leite e derivados foi um sucesso, com os participantes aprovando a organização e o conteúdo das palestras proferidas durante os três dias do evento. O ENEL atraiu mais de três mil pessoas ao Centro de Convenções, para discutir os rumos da cadeia do leite para os próximos anos. Produtores rurais, técnicos e estudantes tiveram oportunidade de participar de palestras, oficinas e clínicas tecnológicas, totalizando mais de 30 temas abordados nas capacitações. Quem visitou o ENEL, aprovou o que viu. É o caso de Antônio Silva, que veio da terra do Rei do Baião, Exu, em Pernambuco, numa caravana com mais 18 empreendedores rurais. “Primeira vez que participo do ENEL, o evento está ótimo, as palestras abordam temas excelentes. O que mais me interessou foi o conteúdo sobre genética e cultivo intensivo da palma. Fiquei impressionado como a palma é levada a sério e é falada com carinho”, destaca o empreendedor. Já Regina Maria Santana veio do município de Lagarto, em Sergipe, numa caravana com mais 31 pessoas. Regina participou pela primeira vez do evento e gostou da estrutura e organização do ENEL. “Os conteúdos das palestras estão ótimos, muito proveitosos, aprovamos essa edição do evento”. <b>Caravanas</b> O ENEL contou com participantes de sete estados do Nordeste. Além dos sergipanos, estavam presentes no encontro empreendedores rurais da Bahia, Alagoas, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará. Ao todo foram 26 caravanas, sendo 16 dos municípios de Sergipe e dez de outros estados. “Mas teve gente que veio por conta própria, a procura de conhecimentos e novas tecnologias. É impressionante como o homem do campo está interessado em se informar, ficar ainda mais atualizado e preparado para gerir seus negócios rurais”, alerta Lauro Vasconcelos, superintendente do Sebrae. Para Pollyana Soares, analista do Sebrae Alagoas e gestora do APL de ovino e caprino, o segmento leiteiro está se aprimorando a cada ano que passa. “Evento organizado, bons palestrantes, com conhecimento prático e falando a língua do homem do campo. As experiências apresentadas foram interessantes, percebe-se que os problemas e gargalos são iguais ou parecidos para todos”, diz a gestora do APL de ovino e caprino. <b>Próximas edições</b> Aconteceu um fato interessante nessa edição do ENEL. Normalmente os estados participam de um sorteio para definir quem irá sediar o evento do próximo ano. Em Sergipe foi diferente, logo no início do Encontro Pernambuco e Bahia já demonstraram interesse em realizar os próximos eventos. “Em Pernambuco será em junho de 2015, no município de Caruaru, uma semana antes do São João. Já a Bahia irá realizar o ENEL de 2016, no município de Porto Seguro”, orienta Helenilson Oliveira, analista da Unidade de Agronegócio do Sebrae Sergipe.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here