CPT - Centro de Produções Técnicas

Núcleo de Produtores Rurais realizou mais uma reunião durante a ExpoZebu. Assim como em todos os anos, na quinta-feira, 8, os membros do Núcleo dos Produtores Rurais do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba realizaram encontro durante a feira agropecuária e o assunto principal desta edição foi o desenvolvimento do Programa “Leite Legal”. Uma nova legislação para a produção de leite entrará em vigor no dia 1° de julho e muitos produtores ainda estão em dúvida sobre as normas. O programa “Leite Legal” faz parte do sistema CNA/Senar, em parceria com o Sebrae, que pretende criar possibilidades por meio de ações de formação profissional rural, para que os pequenos e médios produtores produzam leite de qualidade, atendendo aos padrões exigidos pela legislação e contribuindo para o desenvolvimento do setor. De acordo com o gerente do Senar, Flavio Silveira, a entidade é o braço educacional do sindicato rural e em julho entrará em vigor a Instrução Normativa 62, que muda os parâmetros da qualidade do leite e muitos produtores estão deixando de seguir essas normas por falta de instrução. “Neste programa estamos levando a informação necessária para que o produtor rural esteja dentro da legislação, que prevê parâmetros de contagem bacteriana total, de células somáticas, resíduos de antibiótico no leite. Estes critérios não estão sendo seguidos por falta de informação e por isso vamos levar esses esclarecimentos. O programa consiste em uma aula teórica e uma consultoria na propriedade”, explica Flavio. Os laticínios dos respectivos municípios estão formando turmas para dar início aos procedimentos e repassar as primeiras informações para a aula teórica ao produtor. O Senar já realizou capacitação em cidades como Uberlândia, Monte Alegre, Prata, Sacramento, entre outras. Em Uberaba ainda não houve a formação de nenhuma turma. Segundo Flavio, até o fim do ano o Senar pretende orientar 81 mil produtores no Brasil, sendo 15 mil em Minas Gerais. Até o momento, já foram formadas 200 turmas.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here