CPT - Centro de Produções Técnicas

Fazendas na cidade de Mariana (MG) atingidas por lama após o rompimento das barragens da mineradora Samarco, na última quinta-feira, dia 5, perderam até agora 30 mil litros de leite. O motivo foi a suspensão das coletas e o corte de energia elétrica na região, o que obrigou os pecuaristas a descartar a bebida. Na propriedade de Ana Maria Cerceau, a área de milho cultivada para fazer silagem para o gado foi coberta de lama. Alguns animais permanecem presos no barro. A fazenda ficou isolada, e só é possível ter acesso a pé ao local. O fornecimento de energia elétrica foi interrompido e, assim, não é possível manter o leite na temperatura correta, levando-o a ser descartado. O rio não oferece mais água para a criação, que também ficou sem pasto, A família Cerceau, que sempre viveu do leite, será obrigada a vender os animais.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here