CPT - Centro de Produções Técnicas

Nos próximos dez anos a produção brasileira de leite deverá crescer a uma taxa anual entre 2,4% e 3,3% e passar de 37,2 bilhões de litros em 2015 para 47,5 bilhões de litros em 2025, incremento de 27,6%, podendo chegar a 52,7 bilhões de litros caso atinja o máximo projetado. Os dados são parte do levantamento Projeções do Agronegócio, publicado pelo Mapa em seu site. O estudo informa que, de acordo com a Embrapa Gado de Leite, é pouco provável que o Brasil mantenha a taxa de crescimento médio da produção dos últimos anos, de 4,5% ao ano. Embora a demanda por lácteos no país tenha sido o principal estímulo para os recentes aumentos de produção, no curto/médio prazo a conjuntura macroeconômica indica uma retração na capacidade de crescimento do consumo dos brasileiros. A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) estima que os preços domésticos de leite e derivados devem elevar-se de 6% a 8% nos próximos dez anos. O consumo está estimado para crescer 26,5% no período, para 47,6 bilhões de litros, acompanhando a projeção de produção nacional. A importação deve passar de 698 milhões de litros, projetada para 2015, para 435 milhões de litros em 2025, recuo de 37,6%. Já a exportação em dez anos deve crescer de 508 milhões de litros, estimada para este ano, para 748 milhões de litros em 2025, incremento de 47,2%.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here