CPT - Centro de Produções Técnicas

Os suplementos alimentares representam um papel cada vez maior na melhoria da nossa saúde – e também para a saúde das nossas crianças. Hoje, os pais em todo o mundo procuram por suplementos alimentares para prevenir ou reduzir o risco de obesidade, doenças e outras ameaças à saúde de seus filhos – e eles têm apoio científico para isso. Saúde e dieta são questões importantes para os consumidores de hoje, de todas as idades. Para os novos pais, esta tendência é ainda mais evidente, visto que desejam o que há de melhor para seus filhos. Há uma forte conscientização de como o estilo de vida e os alimentos podem afetar a saúde tanto das crianças como dos adultos. Além disso, há uma grande preocupação da importância de inculcar bons hábitos às crianças para assegurar que tenham saúde ao longo de suas vidas. Cada vez mais os pais procuram por alimentos e suplementos alimentares que previnam ou reduzam o risco de obesidade, doenças e outras ameaças que advem da vida moderna. Saúde melhorada Os suplementos alimentares representam um papel cada vez maior na melhoria de nossa saúde. Os probióticos fazem parte de uma categoria pequena, mas crescente dentro dos suplementos alimentares, devido à conscientização dos benefícios que eles podem oferecer às crianças, os quais têm levado a um maior interesse dos pais no mundo inteiro. Os probióticos fazem parte de um grupo especial de bactérias – as chamadas ‘bactérias amigas’. A Organização Mundial da Saúde (WHO) define os probióticos como: microrganismos vivos, que quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefícios à saúde do hospedeiro (FAO/WHO, Outubro 2001). As bactérias probióticas mais conhecidas são as das famílias dos Lactobacillus e Bifidobacterium. Por vários anos, os muitos benefícios dos probióticos têm sido estabelecidos – inclusive para as crianças. Esses benefícios foram testados intensamente em laboratórios, testes com animais e estudos clínicos em humanos para garantir a segurança e eficácia de cada cepa. Microrganismos vivos para crianças Pode parecer um paradoxo ministrar bactérias às crianças – e mesmo a recém-nascidos – pois, geralmente nós procuramos mantê-los longe de bactérias e impurezas associadas. Contudo, pesquisas realizadas nas últimas décadas têm mostrado que é muito importante para a saúde do recém-nascido saber como e qual tipo de microrganismo coloniza seus intestinos. Observou-se que as crianças amamentadas estavam colonizadas pela bactéria bifido. Este tipo de colonização com as bactérias produtoras do ácido lático é predominante no trato gastrintestinal de bebês saudáveis. Uma flora saudável não só melhora o bem-estar do intestino como também ajuda o sistema imunológico e, portanto, previne infecções e melhora sintomas alérgicos. Os probióticos têm sido estudados e usados por crianças por muitos anos e mostraram-se seguros. No entanto, é muito importante que os efeitos benéficos de cada cepa sejam bem documentados, visto que não são todas as bactérias que têm o mesmo efeito ou benefício. Com efeito documentado O pediatra chefe da University Clinic of Pedriatrics, H:S Hvidovre Hospital, na Dinamarca, Sr. Anders Paerrgaard, fala sobre probióticos e crianças: “Temos estudado e usado probióticos em crianças por muitos anos e documentado a sua eficiência em testes clínicos científicos, bem como experimentado um efeito positivo no uso clínico. Os efeitos observados após uma dieta com probióticos são melhor documentados na infecção gastrintestinal, em antibióticos associado à diarréia e alergias. Mas, outros estudos serão necessários quanto ao uso de probióticos para outras indicações. Os probióticos têm sido estudados inclusive em bebês prematuros, nos quais apresentam efeito benéfico no trato gastrintestinal que está em desenvolvimento. Também, para bebês e crianças em geral, os probióticos podem ter efeitos benéficos, ou seja, quando ministrados como suplementos alimentares. Os probióticos da Chr. Hansen, como o BB-12® ou TH-4™, mostraram efeitos benéficos em várias áreas, como nos casos de diarréia em geral e diarréia associada a antibióticos, que são muito comuns entre as crianças. O efeito do aumento da imunidade de algumas cepas da Chr. Hansen pode melhorar a atividade imunológica nas células e, deste modo, melhorar sua defesa, como por exemplo, contra os Rotavírus ou regular (modular) o sistema imunológico e ajudar a aliviar os sintomas do eczema atópico. Com base nos resultados positivos de muitos estudos, uma gama de produtos instantâneos contendo probióticos para assegurar que a colonização do sistema intestinal das crianças que são alimentadas através de mamadeira esteja o mais próximo possível daquelas que são amamentadas. Não há dúvida de que amamentar é a melhor opção para os bebês, como recomenda a WHO, mas em alguns casos não existe esta opção. Probióticos Chr. Hansen A Chr. Hansen, fornecedora global de ingredientes naturais para a indústria de alimentos e para a saúde humana, está fortemente focada na documentação clínica dos produtos, e sua experiência nas áreas de ciência e tecnologia garante que sua alta qualidade no desenvolvimento e produção de produtos seja contínua. A companhia pode oferecer algumas das melhores cepas documentadas e um portfolio que é especialmente indicado para crianças. Um exemplo é o suplemento probiótico que pode ser misturado, por exemplo, em um produto infantil ou outras aplicações para crianças. Outra aplicação sugerida para o público infantil é um sachê com o produto em pó, que pode ser misturado no cereal dos bebês. A Chr. Hansen é especialista nas áreas: • Saúde infantil • Imunidade • Saúde Gastrintestinal • Saúde da mulher A companhia também tem o compromisso de compartilhar informações e conhecimento sobre probióticos com muitos grupos de interesse, como por exemplo, através do site www.chr-hansen.com/probiotics

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here