CPT - Centro de Produções Técnicas

Mais um mês de alta no preço do leite. Considerando a média nacional, o produtor recebeu R$0,929 por litro no pagamento de maio, referente à produção de abril. O preço subiu 1,6% em relação ao pagamento anterior. A alta acumulada desde o pagamento realizado em fevereiro é de 5,0%. Ainda assim, o produtor está recendo 4,6% menos, em relação ao mesmo período do ano passado. Os aumentos estão sustentados pela entressafra na região Sudeste. No Sul do país, o atraso no desenvolvimento das pastagens de inverno refletiu diretamente na produção e os aumentos no volume captado foram mais tímidos em maio. Em abril, considerando a média nacional, a produção de leite diminuiu 1,5%. Para maio, os dados parciais apontam para ligeira queda, de 0,2% em relação a abril. Para o pagamento de junho (produção de maio), 50,0% dos laticínios pesquisados acreditam em alta dos preços, 46,0% em manutenção e os 4,0% restantes falam em ligeira queda nas cotações.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here