CPT - Centro de Produções Técnicas

A marca Santo Giorno é um projeto piloto em parceria com a região de Vênetto, na Itália, junto com Agência de Desenvolvimento, Associação Bellunesi Nel Mondo, UTFPR, Sebrae, Seab e Emater que vai desenvolver o queijo típico regional com bactérias do próprio leite da região, onde foi purificado, isolado e com ajuda na elaboração do fermento, na Itália. Hoje, com as pesquisas da UTFPR, através do curso de Tecnologia em Alimentos, e apoio da indústria Primo Queijo, de Renascença, o projeto está bem adiantado com uma produção de 3600 litros, ou seja, em torno de 360 quilos de queijo com processo de maturação de 30, 60, 90 e até um ano, com todas as análises físico-químicas, microbiológicas e também sensoriais nos supermercados. Para o queijo estar disponível nas gôndolas, é necessário obter o registro junto ao Ministério da Agricultura, entretanto, o professor da UTFPR, mestre e coordenador do projeto, João Francisco Marchi garante que o pedido já foi feito e que o próximo passo é atingir os resultados mercadológicos, científicos e tecnológicos, “estamos testando na indústria e nos laboratórios a tecnologia, inclusive com a análise sensorial de textura, sabor, aroma, e acompanhando a maturação dos queijos de um ano”, disse o professor. O principal desafio é a importação do fermento lático, produzido na Bioagro, em Thiene, na Itália, onde será distribuída a tecnologia em quatro laticínios da região, na primeira etapa do projeto, para produzir queijo em escala de nível de mercado. <b>Queijo Regional</b> Somente o Sudoeste poderá produzir o queijo com a marca Santo Giorno, pois está sendo registrada coletivamente, inclusive utilizando a matéria prima da região, ou seja, com a produção de leite 100% do sudoestina. “O fermento lático, que são as bactérias boas do leite, nós selecionamos e ela volta para o queijo, dando aroma e sabor típico da região. E a maioria dos fermentos lácteos que é comprado nos laticínios, para fazer mussarela ou parmesão, são importados dos Estados Unidos ou da Dinamarca ou mesmo alguns Italianos. E o Santo Giorno tem origem do nosso leite, com seleção e isolamento das bactérias do próprio leite produzido aqui”, finalizou o professor.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here