CPT - Centro de Produções Técnicas

Produtores de leite, com orientação da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, instalaram ontem (10), em assembleia na Associação dos Municípios Entre Rios (Amerios), a Cooperativa Agropecuária dos Produtores de Leite de Umuarama (Cooplu). A iniciativa tem o apoio da administração municipal, que aposta no cooperativismo como ferramenta de desenvolvimento da economia rural, principalmente para os pequenos produtores. Presente à assembleia, o secretário da Agricultura e Meio Ambiente, Antônio Carlos Favaro, disse que a cooperativa será o divisor de águas para o crescimento e a consolidação da cadeia do leite no município e na região. “Organizados, os pequenos produtores ganham força para negociar com o mercado. Conseguem melhores preços, maiores incentivos e recursos para aumentar e melhorar a produção. Em grupo, os criadores de gado de leite conseguem mais avanços do que individualmente e inclusive podem ter mais apoio do município”, afirmou. <b>Outras cooperativas</b> A experiência com cooperativismo tem dado ótimos resultados. Na gestão Moacir Silva foi criada em 2010 a Cooperu – Cooperativa dos Pequenos Produtores Rurais –, que tem aumentado o faturamento dos agricultores ano após ano. Em 2012 o volume comercializado chegou a R$ 700 mil. Já em 2013, crescimento de quase 50% e comercialização de R$ 1 milhão. No ano passado a cooperativa cresceu 150%, atingindo R$ 2,5 milhões. O prefeito reforça as conquistas. “Nossa Secretaria de Agricultura tem tido sucesso estimulando a organização do setor rural. O resultado é o expressivo volume de comercialização e o crescimento anual da renda dos cooperados. No ano passado a Cooperu movimentou quase R$ 2,5 milhões atendendo a alimentação escolar de Umuarama e municípios vizinhos, além de comercializar hortifrutis em redes de supermercados e atacadistas da região”, comentou Moacir Silva. Outras cooperativas que surgiram nos últimos anos foram a Cooperuma, que agrega os catadores de materiais recicláveis e também teve a organização da Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, e a Cooper Caiuá, dos produtores de carne bovina. “As quatro cooperativas foram criadas durante a atual gestão, nos últimos sete anos. Três delas (hortifrutigranjeiros, materiais recicláveis e leite) tiveram participação direta da administração, que tem conseguido alavancar a produção em vários segmentos”, completou. O mesmo crescimento é esperado no setor leiteiro, a partir da organização dos produtores em torno da Cooplu. Graças aos incentivos oferecidos ao pecuarista de leite, a produção de Umuarama vem aumentando nos últimos anos. Em 2009 o município produziu 20 milhões de litros e no ano passado a produção saltou para 27,3 milhões – crescimento de 35%. Para este ano, a perspectiva é de mais um incremento. “A produção leiteira teve uma participação de R$ 4,8 bilhões (quase 6%) no Valor Bruto da Produção em 2014, no Paraná. É um segmento que movimenta a economia do município e pode atrair outros investimentos de peso, como lojas especializadas, fábricas de insumos e laticínios. Porém, é preciso aumentar a produção e oferecer leite de qualidade com regularidade. Ganha o pecuarista, que tem renda melhor e mais qualidade de vida, o município e a economia local, que movimenta mais dinheiro”, completou o secretário Favaro. Na assembleia de fundação da Cooplu os primeiros associados – cerca de 35 produtores – elegeram os conselhos administrativo e fiscal, para coordenar a constituição da entidade, aprovaram o estatuo social e discutiram as primeiras ações a serem implementadas em favor da categoria. A área de abrangência é municipal, num primeiro momento, mas o estatuto prevê abertura para integrar produtores de municípios da região e de outras partes do Estado. <b>Conheça a diretoria:</b> A diretoria ficou assim constituída: Presidente – Dejair Tarocco Vice-presidente – José Carlos Bortoli Secretário – Joel Batista Rezende Conselho Fiscal – Titulares: Edson Roberto Rodrigues, Leonildo Morais Lima, Vinícius de Oliveira Chimenez; Suplentes: Elson Castro Tamaio, Luiz Carlos Félix da Silva e Hélio Itiro Sakata Diretores vogais – Camilo Mandoti e Everaldo Ferreira da Silva

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here