CPT - Centro de Produções Técnicas

A APROLEP, Associação dos Produtores de Leite de Portugal, em conjunto com outras organizações agrícolas, promove hoje, segunda-feira, 14 de março, pelas 11h00, uma manifestação junto à delegação da DRAPN – Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte. Segue-se uma marcha junto a duas grandes superfícies comerciais, na qual participam agricultores e produtores de leite de todo o país. Esta manifestação pretende denunciar uma vez mais a difícil situação da produção devido à manutenção do preço do leite abaixo dos custos de produção bem como a cada vez maior dificuldade de escoamento do leite produzido, apesar de Portugal importar cerca de 500 milhões de euros em produtos lácteos, dos quais 300 milhões em queijos e iogurtes”, explica a APROLEP em comunicado de imprensa. A manifestação coincide com a realização de uma importante reunião em Bruxelas sobre a crise da pecuária. Neste âmbito, os produtores portugueses consideram fundamental que Portugal envie “um sinal claro das dificuldades dos seus produtores e da urgência de soluções para regular o mercado” após o fim das quotas, para resolver a crise com a Rússia e compensar os produtores pelos prejuízos que essa situação está a causar. “Insistimos também – afirma o comunicado – que o Governo português deve defender a produção nacional, na identificação da origem dos produtos lácteos vendidos em Portugal, no esclarecimento dos consumidores sobre as qualidades nutritivas do leite e na ajuda à exportação dos produtos lácteos portugueses.” Os produtores querem ainda renovar o apelo aos consumidores pela “preferência de produtos nacionais e exigir à grande distribuição que concretize as recorrentes promessas de apoio à produção nacional” aumentando de forma efetiva a percentagem de leite e sobretudo produtos lácteos que coloca nas suas marcas e nas suas prateleiras ao dispor do consumidor.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here