CPT - Centro de Produções Técnicas

Um laticínio foi interditado por tempo indeterminado em Miracema do Tocantins, na região central do estado, nesta quarta-feira (15). De acordo com a Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec), o comércio descumpriu as exigências previstas na inspeção estadual. No estabelecimento, a equipe encontrou irregularidades documentais, higiênicas e estruturais, além da falta de recredenciamento, o que deixa o comércio na clandestinidade. Segundo o órgão, o empreendimento já havia sido orientado, multado e notificado por diversas vezes, mas não se adequou às normas. A Adapec informou ainda que durante a vistoria não encontrou sequer as mínimas condições higiênico-sanitárias para a fabricação de alimentos. Conforme as informações, o laticínio produzia queijo minas, mussarela, leite pasteurizado e recebia mensalmente uma média de 38 mil litros de leite. Os produtos eram comercializados nos municípios de Porto Nacional, Miracema e Palmas. O estabelecimento foi multado em R$ 5 mil por ser reincidente e os equipamentos foram lacrados. O laticínio permanecerá interditado até se adequar e cumprir os programas de autocontrole e boas práticas de fabricação. A vistoria acontece em todo o estado e o objetivo, segundo a agência, é evitar que os produtos impróprios cheguem à mesa do consumidor e ofereça risco à saúde da população.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here