CPT - Centro de Produções Técnicas

A BRF assinou um contrato de venda da divisão de lácteos para a Lactális, controladora da italiana Parmalat, no valor de R$ 1,8 bilhão. A negociação já havia sido anunciada ao mercado no começo de setembro e ainda está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Foram vendidas as unidades localizadas em Bom Conselho (PE), Carambeí (PR), Ravena (MG), Concórdia (SC), Teutônia (RS), Itumbiara (MG), Terenos (MS), Ijuí (RS), 3 de Maio I (RS), 3 de Maio II (RS) e Santa Rosa (RS), incluindo as marcas. A Lactalis é uma empresa familiar francesa que afirma ter uma receita anual de 16 bilhões de euros. No Brasil, a companhia vende manteiga e queijo sob a marca Président. Além disso, ela é uma das controladoras indiretas da companhia italiana Parmalat pela fatia de 84% detida por uma de suas subsidiárias, a Société pour le Financement de Lindustrie Laitiere (Sofil). No final de agosto, a Parmalat italiana fechou um acordo para comprar ativos de produção de leite UHT da Lácteos Brasil por R$ 250 milhões. A transação também permitirá que a empresa volte a ser a dona exclusiva da marca Parmalat, até então nas mãos da Lácteos Brasil. A Batavo, que hoje está abrigada na divisão de lácteos da BRF, pertenceu à Parmalat entre 1998 e 2006. Ela foi comprada pela Perdigão e quase teve que ser vendida após a fusão da companhia com a Sadia. A Parmalat é controlada pela francesa Lactalis, que no Brasil é conhecida pelos produtos Président. Já a BRF controla as marcas Sadia e Perdigão. Sua divisão de lácteos inclui a Batavo e a Elegê, além de 11 fábricas no país.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here