CPT - Centro de Produções Técnicas

Depois de Santa Catarina, o Paraná pretende ser o segundo Estado brasileiro a conquistar o status de livre de aftosa sem vacinação, conferido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). De acordo com a Secretaria de Agricultura do Paraná, a intenção é conseguir o status após a campanha de vacinação de novembro de 2016. Neste mês, o Paraná realiza a segunda etapa da campanha de vacinação contra aftosa. A previsão da Secretaria de Agricultura paranaense é vacinar 9,4 milhões de cabeças de bovinos e búfalos de todas as idades. Se conseguir status de livre de febre aftosa sem vacinação, o Paraná terá chances de exportar carne bovina para o Japão. Os japoneses pagam preços vantajosos, mas exige que os Estados sejam livres da doença sem vacinar.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here