CPT - Centro de Produções Técnicas

Está prevista para o mês de setembro a inauguração do primeiro laticínio familiar do município de Oriximiná, oeste do estado. Com o acompanhamento da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), na última quarta-feira, 23, uma visita técnica na Fazenda Alexandria, na comunidade Santa Luzia, foi marcada pela instalação de equipamentos da agroindústria familiar, que pode chegar a processar 600 litros de leite por dia com menos de um ano de funcionamento para a produção de queijos e iogurte. Atendida desde novembro de 2013, a família de Lygia Guerreiro já se prepara para colocar em prática o projeto, desenvolvido pelo técnico em agropecuária Nelson Pompeu, para exercer efetivamente a atividade leiteira no município, respeitando parte da cadeia produtiva. “Este trabalho vem coroar o empenho da Emater em organizar a cadeia produtiva do leite em Oriximiná”, disse. Após receber financiamento de R$ 130 mil, do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), na linha Mais Alimentos, a família se tornou apta a adquirir os equipamentos para o beneficiamento da matéria prima. “Eles puderam adquirir uma ordenhadeira móvel, a iogurteira, o fogão industrial, a envasadoura e um grupo-gerador. Além de 18 matrizes e um reprodutor, todos da raça Girolando. A expectativa é aumentar a produção de 180 litros por dia para 600 litros/dia até junho de 2015. Toda a produção será destinada para a fabricação de queijos e iogurte”, afirmou o técnico. A primeira etapa do mini laticínio foi concluída, com a construção do espaço físico e a aquisição do maquinário. Ainda segundo Nelson Pompeu, com isso já está em andamento o processo de licenciamento para obtenção dos selos de inspeção sanitária municipal e estadual, o que vai possibilitar a comercialização dos produtos lácteos. “Com o funcionamento dessa agroindústria, a família Guerreiro vai ter um aumento de cerca de 70% na renda familiar”, avaliou.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here