Pesquisas realizadas pelo Cepea, com o apoio financeiro da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), indicam que as cotações dos principais derivados lácteos subiram durante o mês de junho nas negociações entre indústrias e canais de distribuição do estado de São Paulo, que é considerado o maior mercado consumidor do Brasil. A valorização dos lácteos ocorreu devido aos menores estoques, já que a produção de leite no campo também esteve limitada em função da menor disponibilidade e baixa qualidade das pastagens, cenário comum ao período de entressafra no Sudeste e Centro-Oeste.
 
Em junho, o preço médio do leite UHT registrou expressiva alta de 17,6% frente ao mês anterior e de 26,6% em comparação ao mesmo período de 2019, fechando a R$ 3,19/litro, em termos reais (valores deflacionados pelo IPCA de junho/20). Apesar de os estoques limitados terem possibilitado aumentos graduais nos valores ao longo do mês, o ritmo de alta perdeu força na segunda quinzena, devido à pressão dos canais de distribuição.
 
Já no caso do queijo muçarela, a demanda seguiu firme durante o mês de junho, sustentando as cotações. Assim, o derivado se valorizou 23% em relação a maio/20 e 24,1% ante ao mesmo período de 2019, com preço médio de R$ 22,34/kg, em termos reais.
 
Quanto ao indicador semanal do leite em pó (sachê de 400g), fechou junho com média de R$ 19,78/kg, aumento de 10,9% frente a maio/20 e de 14,2% em comparação junho/19, em valores reais.
 
JULHO – Na primeira quinzena de julho, as cotações do leite longa vida registraram média parcial de R$ 3,14/litro, recuo de 1,5% frente à média de junho/20. Já o queijo muçarela teve média parcial de R$ 24,53/kg, alta de 9,8% na mesma comparação. Para o leite em pó, o preço médio se manteve em R$ 19,78/kg. A expectativa dos agentes de mercado consultados pelo Cepea é que os valores continuem se elevando ao longo do mês, devido à demanda ainda aquecida por lácteos e pelos altos patamares das cotações pagas aos produtores.
Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here