CPT - Centro de Produções Técnicas

Pequenos agricultores do Piauí investem na criação de caprinos para produção de leite. Felizes com os primeiros resultados, eles já pensam em ampliar o projeto e agregar valor ao produto. Washington Cunha largou a atividade de metalúrgico e há três anos decidiu investir em cabras leiteiras. Começou com quatro animais adquiridos no interior de Pernambuco e hoje já são 19, com uma produção mensal de 300 litros de leite. Na região de Esperantina, norte do Piauí, já são mais de 30 criadores de cabras leiteiras. A atividade na região ainda é uma novidade. Os criadores estão aos poucos descobrindo que podem lucrar muito, porque o produto tem um bom valor no mercado. O leite in natura vai para um espaço, por enquanto artesanal, onde é feito o beneficiamento e os agricultores agregam valor ao leite de cabra. Todo produto é transformado em queijo coalho, licor, ricota e iogurte. O lucro com a venda dos produtos derivados chega a ser três vezes maior. Para aumentar a produção, o grupo tem buscado a parceria com órgãos públicos e também com a iniciativa privada. O sucesso da atividade é tão grande que os criadores estão precisando de mais animais e não encontram na região. Abdias do Nascimento é o mais novo criador do grupo. Ele pagou R$ 1 mil por um animal, mas não tem dúvida que o retorno será rápido. “Provavelmente eu já recupere o que investi nesta lactação, é um bom negócio, estou satisfeito”, diz.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here