CPT - Centro de Produções Técnicas

O prazo final para envio das propostas de compra, em envelope lacrado, do leilão das instalações da massa falida da Indústria de Alimentos Nilza foi prorrogado para hoje, dia 3, durante o expediente do Fórum. A princípio, a data estava marcada para sexta-feira (31). Mas, o Tribunal de Justiça de São Paulo transferiu o Dia do Funcionário Público para sexta-feira (31), e consequentemente prorrogou a data do protocolo das propostas para o próximo dia útil. A abertura dos envelopes permanece às 15h do dia 7 de novembro. O administrador judicial Alexandre Borges Leite afirma que a marca Nilza tem sido sondada por vários interessados. “O que demonstra sua força, apesar de estar fora das gôndolas desde abril de 2010”, diz. “Tenho recebido diversas ligações de empresas do ramo de laticínios. Por isso, estamos esperançosos com relação às propostas”, completa. A avaliação de bens nas unidades de Ribeirão Preto, às margens da Rodovia Anhanguera, de Itamonte (MG) e de Campo Belo (MG) está estimada em R$ 120 milhões, cerca de 30% da dívida junto a funcionários, bancos e demais credores, prevista entre R$ 400 e R$ 500 milhões. Segundo Leite, com o leilão, há a real possibilidade de pagamento de todos os ex-funcionários. <b>Leilão</b> O leilão da Indústria de Alimentos Nilza ocorrerá mediante propostas fechadas, conforme decisão do juiz Héber Mendes Batista, da 4ª Vara Cível da Comarca de Ribeirão Preto, responsável pelo processo de falência. A abertura dos envelopes acontecerá às 15h do dia 7 de novembro. Caso haja necessidade de realização de audiências, as datas definidas são: 14 e 21 de novembro; sempre às 15h.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here