CPT - Centro de Produções Técnicas

O litro do leite pago ao produtor em Mato Grosso segue valorizado, tanto que no período entre outubro e abril dos anos 2012/2013 e 2013/2014 o preço médio pago pelo litro aumentou 23,72%. O valor segue em alta tendo-se em vista à seca na região sudeste do Brasil, que afetou a produção nacional de leite, somado a demanda aquecida. Ao consumidor cuiabano o litro de leite UHT Integral (caixinha) chegou 2,46% em média mais caro no mês de maio, no comparativo com o mês em 2013, enquanto a mussarela 21,48%. De acordo com o Boletim Mensal do Leite, feito pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), entre outubro e abril dos anos 2012/2013 e 2013/2014 o litro do leite pago ao produtor no Estado saltou de uma média de R$ 0,647 por litro para R$ 0,800 por litro. Já no comparativo de abril com março houve elevação de 6,2%. "No período de outubro/12 a abril/13, o preço apresentou um aumento de 13,57%, e entre outubro/13 e abril/14, o valor praticado apresentou estabilidade, aumentando apenas 0,45%, porém acima das médias históricas", frisa o Imea. O levantamento revela ainda que em abril de 2014 o litro pago pelas indústrias ao produtor foi em média de R$ 0,837 e a tendência nos próximos meses é seguir em alta, uma vez que Mato Grosso está entrando no período da entressafra do produto. <b>Consumidor</b> Em consequência da valorização do litro do leite pago aos produtores o consumidor está pagando mais caro pelo produto e seus derivados. Em Cuiabá, por exemplo, o litro do leite UHT Integral em maio era visto em média a R$ 2,92 nas prateleiras dos supermercados em Cuiabá, alta de 2,46% em comparação a maio de 2013. Já o quilo do queijo mussarela saltou 21,48% em um ano e era visto a R$ 27,03 em média na Capital mato-grossense no quinto mês de 2014. Apesar dos dois produtos terem apresentado alta significativa de um ano para o outro, há produtos que recuaram como é o caso do leite em pó integral (400gr) que caiu 3,68% o preço, sendo visto em média a R$ 11,25. A bebida láctea também caiu 6,15% sendo encontrada em média a R$ 2,44 o litro.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here