CPT - Centro de Produções Técnicas

O Ministério Público Estadual vai investigar se houve fraude em lotes do leite da Cooperativa Piá, onde foi encontrado álcool etílico. O Ministério da Agricultura determinou o recolhimento desses lotes e também a interdição do posto de refrigeração de Vila Flores, que pertence à Piá. São cerca de 100 mil litros de leite integral UHT e 30 mil potes de requeijão light que devem ser retirados do mercado. O promotor de Justiça de Defesa do Consumidor, Alcindo Bastos, afirma que já existe um Termo de Ajustamento de Conduta com a Cooperativa Piá de outro caso onde houve irregularidade. "Nós vamos apurar o que houve aí, na verdade. Se é uma situação de fraude ou um descontrole nas análises laboratoriais da empresa no momento da recepção desse leite", destaca o promotor. <b>Os lotes que devem ser recolhidos são:</b> Leite UHT integral (lotes L02/2 e L2-3) fabricados em 26/06/2014, com data de validade até 26/10/2014 Requeijão light (200g) (lote L2) fabricado em 30/06/2014 e com data de validade até 30/09/2014. <b>Nota oficial da Cooperativa Petrópolis (Piá)</b> 1 – Nas análises internas e nas amostras dos referidos lotes enviados para análise externa em laboratório credenciado pelo Ministério da Agricultura, não ficou constatado qualquer irregularidade nos itens produzidos; 2 – Ainda assim, a Cooperativa Agropecuária Petrópolis Ltda procedeu o recolhimento no mercado dos referidos lotes, conforme solicitado pela Superintendência de Agricultura. 3 – Os produtos que ainda estiverem no mercado serão recolhidos.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here