CPT - Centro de Produções Técnicas

Em Minas Gerais, o programa Balde Cheio é desenvolvido pela Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (Faemg) desde 2007. Atualmente está presente em 315 municípios e conta com 230 técnicos, responsáveis pelo atendimento de 2,5 mil produtores. Em média, a abrangência do programa aumenta 10% ao ano. O projeto consiste na adoção de técnicas de manejo de pastagem, controle zootécnico e gestão da propriedade. Os pequenos produtores, que possuem pouco acesso à assistência técnica e gerencial, são os mais beneficiados. Com o programa é possível obter maior eficiência na produção de leite e, conseqüentemente, aumento da produtividade e dos lucros. De acordo com o coordenador técnico do Balde Cheio, Walter Ribeiro, o treinamento eficiente dos técnicos é fundamental, já que eles precisam estar aptos a avaliar a infraestrutura das unidades produtiva participante e selecionar a tecnologia que mais se adeque à situação de cada propriedade. "Os resultados do Balde Cheio são muito positivos. A aplicação correta das técnicas estimula a geração de renda, através do melhor uso dos recursos disponíveis, da melhoria da gestão da propriedade, da qualidade e produtividade. Com isso, o pecuarista recupera a autoestima, o que é fundamental para ele se manter na atividade", ressalta Ribeiro.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here