CPT - Centro de Produções Técnicas

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) determinou nesta quarta-feira (4) a retirada do mercado de lotes de leite e derivados das marcas Pavlat e Hollmann, investigadas pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul na Operação Leite Compensado. Uma análise realizada por técnicos da pasta em amostras recolhidas no dia 8 de maio, quando foram cumpridos mandados de busca e de prisão em sedes da Hollmann, em Imigrante, e da Pavlat, em Paverama, no Vale do Taquari, apontaram que os produtos estão fora do padrão de consumo. Apesar de o Ministério Público ter apontado que as indústrias produziram leite fora dos padrões de consumo, as duas empresas não foram interditadas, e seguiam produzindo. Segundo o Ministério da Agricultura, os laudos das análises do leite recolhido nas indústrias foi expedido nesta quarta, e concluem que os laticínios fabricados a partir da matéria-prima estão fora dos padrões para análise microbiológica. Confira os lotes que devem ser retirados do mercado: Hollmann: – Ricota fresca – lote 112, com fabricação em 22/04/2014 e validade até 11/06/2014 – Ricota fresca – lote 105, com fabricação em 15/04/2014 e validade até 04/06/2014 – Ricota fresca temperada – lote 119, com fabricação em 29/04/2014 e validade até 18/06/2014 – Nata – lote 126, fabricação em 06/05/2014 e validade até 20/06/2014 Pavlat: – Leite UHT semidesnatado, lote 13F4, fabricação em 06/05/2014 e validade até 03/09/2014 – Leite UHT integral, lote 12E2, fabricação em 06/05/2014 e validade até 03/09/2014 – Leite UHT integral, lote 10E4, fabricação em 06/05/2014 e validade até 03/09/2014 No dia em que as amostras foram recolhidas, três pessoas foram presas por suspeita de adicionarem produtos químicos ao leite, como soda caustica e água oxigenada. O objetivo das empresas Pavlat e Hollmam, acusadas de cometerem as adulterações, seria disfarçar a acidez de produtos vencidos, para assim continuar vendendo o leite fora do prazo de validade, conforme apontou o MP.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here