CPT - Centro de Produções Técnicas

Primeiro alimento com microrganismos probióticos do mundo – os Lactobacillus casei Shirota, exclusivos da empresa, o Leite Fermentado Yakult chega aos 80 anos. O alimento, que foi desenvolvido em 1935 pelo médico e pesquisador Minoru Shirota para ajudar a manter a saúde intestinal da população do Japão, hoje está presente em 33 países em regiões da Ásia, nas Américas e na Europa, se mantém líder no segmento e é consumido diariamente por mais de 30 milhões de pessoas. A Yakult Honsha, matriz sediada em Tóquio, no Japão, assim como suas filiais, mantém até hoje os preceitos do fundador e a determinação de seguir contribuindo para a saúde e a felicidade de consumidores ao redor do mundo. “Temos continuado a realizar atividades de negócios como herdeiros do espírito apaixonado de nosso fundador Minoru Shirota para entregar uma boa saúde para o maior número possível de pessoas”, afirmam os executivos Sumiya Hori e Takashige Negishi, chairman (CEO) e presidente (COO), respectivamente, no Company Profile 2015. A filosofia do médico e pesquisador Minoru Shirota sempre incluiu conceitos de medicina preventiva, com a certeza de que ‘um intestino saudável leva a uma vida longa’. “Com a descoberta dos Lactobacillus casei Shirota, o fundador da Yakult percebeu que era possível manter as crianças com saúde por meio de um intestino saudável, diminuindo os riscos de aparecimento de doenças. Outra premissa do médico, que a Yakult segue até hoje, é a que o Leite Fermentado esteja disponível a um preço que qualquer pessoa possa pagar”, reforça o presidente da Yakult do Brasil, Eishin Shimada. Com o sucesso alcançado pelo alimento probiótico no Japão, graças à melhora das funções intestinais de crianças e adultos, o fundador resolveu expandir os negócios e começou a inaugurar filiais em outros países. A unidade brasileira da Yakult foi a primeira a ser implantada fora da Ásia, em 1968 – a segunda no mundo, atrás de Taiwan. A unidade brasileira é a sétima mais importante da Yakult em volume de negócios e produz diariamente média de 2,1 milhões de frascos de Leite Fermentado Yakult. O Leite Fermentado Yakult foi o primeiro da categoria no Brasil a ser reconhecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) como ‘alimento com alegações de propriedades funcionais’, em 2001. As pesquisas para avaliar a ação dos probióticos da Yakult no organismo humano começaram em 1955, com a criação do Yakult Central Institute for Microbiology Research – atualmente Research Institute (Instituto de Pesquisas Yakult) –, e foram intensificadas a partir da década de 1980, quando a empresa passou a desenvolver estudos relacionados à imunidade e ao intestino. “Essas pesquisas conseguiram demonstrar que o intestino é responsável por 70% da imunidade do organismo, o que significa que um intestino saudável permite prevenir doenças”, acrescenta o executivo Eishin Shimada. Ação comprovada O diferencial do Leite Fermentado Yakult em relação aos demais produtos do gênero no mercado é a alta resistência dos Lactobacillus casei Shirota na passagem pelas barreiras naturais do organismo – os sucos digestivos. Por isso, os Lactobacillus casei Shirota conseguem chegar vivos em maior quantidade ao intestino, promovendo uma atividade intestinal mais saudável e estimulando o aumento da imunidade. Quando uma pessoa toma leite fermentado com Lactobacillus casei Shirota, os microrganismos benéficos conseguem chegar vivos e em grande quantidade ao intestino e produzem vários metabólitos, entre os quais o ácido lático, responsável por melhorar o ambiente intestinal, facilitar a digestão dos alimentos e ajudar na absorção dos nutrientes, além de contribuir para a diminuição das bactérias nocivas à saúde. Desta forma, os probióticos Lactobacillus casei Shirota ajudam, também, a prevenir infecções. O termo ‘probiótico’, de origem grega, significa ‘para a vida’ e tem sido empregado das mais diversas maneiras ao longo dos últimos anos. A Organização Mundial da Saúde (OMS), juntamente com a Food and Agriculture Organization (FAO), definiu em 2011 que probióticos são ‘microrganismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefícios à saúde do hospedeiro’.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here