CPT - Centro de Produções Técnicas

No atacado, considerando a média de todos os produtos pesquisados pela Scot Consultoria, os preços dos lácteos subiram 0,5% na primeira quinzena de novembro em relação à segunda metade de outubro. Embora pouco expressiva, a alta dos preços reflete o crescimento da produção abaixo do esperado, em função do clima adverso e do aumento dos custos de produção. Com isso, os estoques estão ligeiramente mais ajustados nas indústrias. O leite longa vida seguiu a trajetória de alta e teve valorização de 0,5%. O produto está cotado, em média, em R$ 2,13 na média de São Paulo, Minas e Goiás. O leite em pó também subiu e ficou cotado, em média, em R$13,95 por quilo no atacado, uma alta de 1,0% no período. Com as chuvas mais regulares, a expectativa é de que a produção de leite aumente de forma mais expressiva daqui para frente, o que deve aumentar a pressão de baixa no mercado interno.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here