CPT - Centro de Produções Técnicas

A 1ª Vara da Justiça estadual em Estrela (RS) aprovou nesta semana o pedido de falência apresentado pela Santa Rita Laticínios. A empresa havia arrendado no início de 2014 as instalações industriais da VRS, que entrou em recuperação judicial no fim do ano anterior depois de ter sido denunciada pelo Ministério Público Estadual (MPRS) no esquema de adulteração de leite flagrado pela operação “Leite Compen$ado”. Por intermédio de sua assessoria, a Santa Rita informou que começou a enfrentar dificuldades “nos últimos meses” em função da queda do consumo e dos preços do leite decorrente das fraudes descobertas no Estado. A empresa havia sido constituída na época do arrendamento por um grupo liderado pelo empresário Nestor Müller, que tem negócios em áreas como bebidas e empreendimentos imobiliários na região. A Santa Rita disse que buscou alternativas para manter o funcionamento da indústria, paralisada há cerca de três semanas, incluindo negociações de repasse da operação para outra empresa. “Porém, a grave crise gerou sucessivos prejuízos, tornando inviável tanto a venda para terceiros, quanto a continuidade das atividades”, comentou. A capacidade de processamento da planta é de 400 mil litros por dia, mas ela vinha operando num ritmo de 150 mil litros/dia para a produção de leite longa­ vida, bebidas lácteas, iogurtes, doce de leite e nata. O montante das dívidas remanescentes não foi revelado, mas a empresa informou que a maior parte refere-­se a débitos com os produtores de leite, que terão 15 dias para se habilitar ao recebimento dos créditos após a divulgação dos editais previstos em lei. Os compromissos com os 110 funcionários estão em dia, informou a Santa Rita. Segundo o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado (Fetag­/RS), Carlos Joel da Silva, cerca de 800 produtores têm R$ 2,5 milhões a receber da empresa. A entidade pretende reunir 1,5 mil pessoas nesta sexta-­feira no município de Guarani das Missões, no noroeste do Estado, para protestar contra a crise que afeta o setor leiteiro no Estado.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here