CPT - Centro de Produções Técnicas

Associados a alimentos saudáveis típicos da culinária mediterrânea, os iogurtes gregos podem enganar, pois há marcas com muitos aditivos. A Proteste Associação de Consumidores analisou os rótulos de seis marcas, entre versões tradicionais e light/zero e constatou a predominância de produtos altamente industrializados. É importante conferir as informações nutricionais, pois há produtos repletos de aditivos alimentares – principalmente espessantes – e açúcar (ou adoçante artificial). Alguns dos potes listam absurdos 15 ingredientes ou mais em seus rótulos (Danone Tradicional e Light; Vigor Zero; Batavo Tradicional e Batavo Manga 0% de Gordura), o que é incompreensível para um produto que em sua receita original contêm apenas leite e fermento. Há iogurte grego com consistência líquida, na contramão do conceito desse alimento, caracterizado por ser espesso e cremoso resultante do processo de retirada de soro, originalmente através de sacos de pano. A PROTESTE orienta a escolha de marcas com menor lista de ingredientes, sem açúcar e adoçantes artificiais. Na dúvida, é bom seguir a regra de "quanto menos aditivos alimentares, melhor" ao conferir as substâncias. E se quiser adoçar, basta colocar mel ou frutas picadas. Entre as opções saudáveis encontradas, estão os produtos sem gordura da marca Yorgus e o iogurte Nestlé Tradicional.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here