CPT - Centro de Produções Técnicas

A entidade ocupa a segunda vice-presidência do IGL e vem tendo grande atuação, especialmente durante o Congresso Internacional do Leite, em 2015. Simone pretende dar continuidade à parceria. Ao presidente do IGL, Gilberto Antonio Piccinini, informou que vai comparecer no seminário que o Instituto realizará em parceria com o Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP), no próximo dia 21. O seminário dará origem ao planejamento estratégico do IGL. Segundo a presidente da Federasul, a sua gestão dará bastante ênfase ao interior do Rio Grande do Sul. "A capital tem a força política, mas o interior tem a força econômica", frisa a dirigente. Na sua avaliação, a cadeia produtiva do leite é muito importante para o Estado. Ela enxerga na estrutura do IGL a seriedade suficiente para afrontar os desafios da atividade. "Existe um preconceito em relação ao leite gaúcho e é fundamental que esse assunto seja tratado com a seriedade da iniciativa privada para que a imagem não fique prejudicada." Para Piccinini, a Federasul e a nova presidente terão muito a contribuir com o segmento leiteiro, principalmente por sua postura proativa. "Ela será membro efetivo da diretoria e designará um substituto quando não puder comparecer às nossas reuniões." Além de Piccinini, estiveram presentes, pelo IGL, a assessora jurídica e parlamentar Márcia Silva de Almeida e o diretor executivo Oreno Ardêmio Heineck.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here