CPT - Centro de Produções Técnicas

As importações de leite UHT (esterilização por meio de aquecimento e, imediatamente a seguir, resfriamento) pela China devem atingir 350 mil de toneladas em 2015. O volume está 12,5% abaixo da estimativa anterior, mas representa alta de 9,4% em relação ao resultado de 2014, segundo o serviço estrangeiro do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O avanço é impulsionado pelo crescimento do mercado consumidor interno. As importações também estão sendo sustentadas pelo aumento de plataformas de comércio eletrônico que, no varejo, oferecem canais de acesso fácil e entrega em domicílio para os consumidores no interior da China. A previsão é que as importações de leite em pó tenham queda de 30%, em relação ao ano passado, para 400 mil toneladas. Apenas as importações dos Estados Unidos devem recuar mais do que 50% no período, como um reflexo de atrasos que a indústria norte-americana vem enfrentando para vender para a China, por causa de questões burocráticas. Os interessados em exportar produtos lácteos para a China devem estar em conformidade com o Decreto 145, supervisionado pela Administração de Certificação e Acreditação (CNCA). Segundo o USDA, agências governamentais e representantes da indústria norte-americana estão em negociações com as autoridades chinesas para revisão do processo.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here