CPT - Centro de Produções Técnicas

Em mais uma operação da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) do São Francisco, uma unidade de produção de laticínio em Cacimbinhas, no interior de Alagoas, foi interditada, na última quarta-feira (18). A informação foi divulgada pelo Ministério Público Estadual (MP), nesta quinta-feira (19). A fábrica foi interditada por falsificação de selo público, maus-tratos aos animais, falta de licença ambiental para fabricação de laticínios e suíno cultura e por despejar resíduos da fabricação dos laticínios em uma lagoa próxima ao local. Segundo o MP, cerca de 200 kg quilos de queijo e alguns porcos foram apreendidos no local. A Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) e o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) lavraram auto de infração por desrespeito às normas vigentes. O dono da fábrica clandestina foi identificado como José Iramildo da Conceição e foi conduzido por policiais do Batalhão de Polícia Ambiental até uma delegacia.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here