CPT - Centro de Produções Técnicas

A Fonterra anunciou nesta segunda-feira que demitiu 750 funcionários até o momento, como parte de uma revisão de suas operações globais. A cooperativa é a maior exportadora de lácteos do mundo e tem mais de 18 mil empregados em 40 países. A revisão das operações da empresa teve início em dezembro, em meio a forte queda dos preços internacionais de lácteos influenciada pela forte produção mundial, altos estoques na China e proibição das importações dos Estados Unidos e Europa para a Rússia. Os preços médios de lácteos recuaram mais de 50% desde o início de 2014. "Temos ótimos funcionários, mas precisamos tomar decisões difíceis para assegurar que a Fonterra continue competitiva nesse cenário", afirmou o executivo-chefe (CEO) da Fonterra, Theo Spierings. Um porta-voz da empresa disse ainda que a economia gerada pela revisão dos negócios permite que a Fonterra dê suporte aos cooperados durante as condições desafiadoras do mercado. No mês passado, a Fonterra estimou pagar 3,85 dólares neozelandeses (US$ 2,53) por quilo de leite em pó a seus cooperados na temporada 2015/16, que teve início em 1º de junho, o menor valor em 10 anos.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here