CPT - Centro de Produções Técnicas

A estiagem dos últimos meses reduziu a produção de leite. E os reflexos desse cenário já são percebidos pelos consumidores. A consumidora olha, olha, olha de novo. “Está muito caro, o leite. E a gente precisa tomar leite. Não pode ficar sem leite em casa”, afirma a cuidadora Ivanilda de Almeida. O IGP-DI, um índice de preços da Fundação Getúlio Vargas, divulgado nesta segunda-feira (7), mostra que o leite tipo longa vida subiu mesmo: 3,20%, em março em relação a fevereiro. O que é percebido no supermercado é reflexo direto do que está acontecendo no campo. O leite, como outros produtos agrícolas, fica mais caro na estiagem, que normalmente vai de abril a setembro. Mas este ano ela veio antes, desde janeiro, e bem forte. A falta de chuva diminuiu a oferta de leite no Paraná, em São Paulo, em Minas Gerais, e em Goiás, que estão entre os maiores produtores do país. Nesse mesmo período do ano passado, um produtor mineiro entregava 900 litros por dia. A média agora não passa de 730. “O problema é que estamos entrando na época mais seca do ano e, como os pastos não vão conseguir se recuperar nesse período, vamos ficar com esses preços altos até o fim do ano”, avalia o economista José Carlos Hausknecht. O aumento do leite puxou rapidinho o preço de alguns derivados. É o caso, por exemplo, do iogurte e do requeijão. Então, no balcão da padaria, quem pedir aquele iogurte batido e o pãozinho com requeijão, não tem jeito. Vai pagar mais. Os derivados de leite subiram, em média, 1,55% em março. Para segurar a freguesia, uma rede de supermercados agiu rápido. “Comprando mais leite, uma quantidade bem maior, para poder manter o preço baixo”, afirma o encarregado de supermercado Vagner Ricarte. O consumidor também está dando um jeito. “Como é para as minhas crianças, eu prefiro abrir mão de outra coisa para dar o que eu gosto para eles, o leite que eles tomam”, conta a estudante Mara Gislaine do Nascimento. “Eu vou pesquisar, vou em outro lugar, para ver onde está mais barato”, declara uma mulher.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here