CPT - Centro de Produções Técnicas

Começou nesta terça-feira (19) a 37ª Semana do Laticinista, em Juiz de Fora. Até quinta-feira (21), cerca de 800 pessoas devem passar pelo Instituto de Laticínios Cândido Tostes diariamente. Entre elas, os principais especialistas em leite e derivados do Brasil e do exterior, responsáveis por empresas, indústrias de laticínios e estudiosos da área. O evento conta, na programação, com o 42º Concurso Nacional de Produtos Lácteos, a 42ª Exposição de Produtos Lácteos (Expolac) e a primeira edição do Table top – espaço para apresentação de produtos de empresas de insumos, equipamentos e serviços para laticínios. De acordo com um dos coordenadores do evento, Adauto Lemos, já no primeiro dia, foi possível perceber o potencial para discussões que englobam novas tecnologias. “A abertura foi excelente, com muitas pessoas focadas em trabalho, conhecimento e tecnologia. Amanhã teremos um aumento de público e a nossa expectativa continua muito boa”, disse ao G1. Lemos explicou que a situação atual de crise na produção de laticínios no país é um dos assuntos que serão discutidos. “O efeito inflacionário do aumento dos grãos impactou muito nos custos e no preço do leite e isso fez com que houvesse repressão do consumo. De uma maneira geral, nós estamos vivendo esse momento de crise e a falta de crédito faz com que as indústrias cessem a produção, mas o que a história econômica nos mostra é que o leite obedece a um ciclo de três anos, onde [o preço] sobe e desce”, afirmou. O coordenador defendeu, no entanto, que deve haver uma recuperação em um futuro próximo. “Nós não somos diferentes do resto do mundo, acompanhamos a tendência e, por isso, admitimos que temos um ciclo com retração na produção e no consumo, mas a partir daí vamos conseguir nos recuperar e voltar ao que sempre foi normal”, concluiu. <b>Eventos</b> 42ª Expolac – terça a quinta, das 9h às 19h 1º Table Top – terça a quinta, das 9h às 19h 1º Painel de Oportunidades – quarta, às 14h 42º Concurso Nacional de Produtos Lácteos – quarta, a partir das 13h30 (julgamento); quinta, às 19h (premiação) <b>Minicursos</b> Quarta-feira (20) das 8h às 9h: – Boas práticas de laboratório – Enriquecimento de produtos lácteos: mercado e tendências – Revisão tecnológica: muçarela Quarta-feira (20) das 10h às 12h30: – Fraudes em leite: novas metodologias de controle – Enriquecimento de produtos lácteos: mercado e tendências – Revisão tecnológica: muçarela Quinta-feira (21) das 8h às 9h: – Revisão tecnológia: doce de leite e leite condensado – Processamento de leite e derivados lácteos zero lactose – Rendimento na fabricação de queijos: interpretação e otimização Quinta-feira (21) das 10h às 12h30: – Revisão tecnológia: doce de leite e leite condensado – Processamento de leite e derivados lácteos zero lactose – Rendimento na fabricação de queijos: interpretação e otimização Serviço O evento acontece sempre das 9h às 19h, na sede da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), que fica na Rua Tenente Luiz de Freitas, nº 116, no Bairro Santa Terezinha, em Juiz de Fora. Outras informações estão disponíveis no site do Instituto Cândido Tostes ou pelo telefone (32) 3224-7956.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here