CPT - Centro de Produções Técnicas

Duas empresas gaúchas de latícinios, a Pavlat e a Hollmann, comercializaram juntas mais de um milhão de litros de leite adulterado. De acordo com o Ministério Público Estadual do Rio Grande do Sul (MPE), elas adicionavam produtos químicos para corrigir a acidez de produto em deterioração. Ércio Vanor Klein, proprietário da empresa Pavlat, se declarouu orgulhoso de seu produto em uma entrevista ao SBT, na última quinta-feira (1º). No entanto, escutas telefônicas revelam Klein fazendo brincadeira sobre a adulteração. Veja o vídeo em: <a href=http://tvuol.uol.com.br/video/em-escuta-telefonica-dono-de-empresa-de-leite-brinca-sobre-adulteracao-0402CC9A336EC8815326?types=A target=_blank>http://tvuol.uol.com.br/video/em-escuta-telefonica-dono-de-empresa-de-leite-brinca-sobre-adulteracao-0402CC9A336EC8815326?types=A</a>

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here